banner 2 em.png
Raul Pompeia.jpg

1º Trimestre

O Ateneu - Raul Pompeia (Unicamp)

     Publicado pela primeira vez em 1888, o livro conta a história de Sérgio, um menino que é enviado para um colégio interno renomado, na cidade do Rio de Janeiro, denominado Ateneu. Comandado pelo diretor Aristarco, o colégio mantém regras rígidas e princípios da aristocracia da época. O modo que o autor descreve as relações afetivas do personagem principal com seus colegas foi revolucionário para a época.

     A obra critica a sociedade brasileira do final do século XIX, tomando como metáfora o Ateneu, seu reflexo, um lugar onde vence sempre o mais forte.

2º Trimestre

Romanceiro da Inconfidência - Cecília Meireles (Fuvest)

   Romanceiro da Inconfidência, publicado em 1953, é um longo poema narrativo, que procura na história da pátria sua matéria inspiradora. Nessa obra, Cecília Meireles procura evocar os tempos de ouro e da Inconfidência Mineira [1789]. De todas as publicações da autora, o Romanceiro da Inconfidência é a única que mostra o rompimento do círculo do próprio "eu", criando uma poesia menos pessoal, mais identificada com o mundo exterior do que propriamente com o universo íntimo e secreto da artista.

J946-Cecília-Meireles-Folhapress.jpg
graciliano1.jpg

3º Trimestre

Angústia - Graciliano Ramos (Fuvest)

     Lançado originalmente em 1936, Angústia tem como protagonista Luís Silva, funcionário público de Maceió, que leva uma vida medíocre e sem grandes emoções até o dia em que se apaixona por Marina. De início, a jovem demonstra certo interesse no relacionamento e no conforto material que o casamento poderia lhe proporcionar, mas logo acaba trocando o noivo por Julião Tavares, mais rico e poderoso. Tomado por ciúmes e rancor, Silva fica perturbado com os acontecimentos que se desenrolam e passa a acompanhar a vida de Marina enquanto sonha em matar Julião. Escrito em primeira pessoa, o romance tem estrutura temporal não linear, seguindo o fluxo de consciência do narrador-personagem e aproximando o leitor dos sentimentos despertados pelos conflitos vividos por Luís Silva.